Conselho

Conselho

O Conselho de Pesquisa e Inovação (CPIn) do Campus Natal-Central (CNAT) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte é um órgão colegiado de assessoramento às políticas científicas da Diretoria de Pesquisa e Inovação (DIPEQ) do Campus Natal-Central, com caráter consultivo, para assuntos pertinentes aos grupos de pesquisa, às pesquisas científicas, ao desenvolvimento de produtos técnicos ou tecnológicos e à inovação.

O CPIn é composto pelo diretor da DIPEQ e líderes de grupos de pesquisa certificados e adimplentes das Diretorias Acadêmicas do CNAT. Os membros do CPIn são:

MatriculasServidorRepresentaçãoDiretoria
1551774Handson Claudio Dias PimentaPresidenteDIPEQ
1890974Allana Karyne da Costa NobreSubstitutaDIPEQ
1034825Jorge Magner LourençoMembroDIACIN
3568821Jacques Cousteau da Silva BorgesSubstitutoDIACIN
2695304Josyanne Pinto GiestaMembroDIACON
3898763Alfredo Costa NetoSubstitutoDIACON
1189749Narla Sathler Musse de OliveiraMembroDIAREN
1518713Anna Paula Lima CostaSubstitutaDIAREN
1543161Maria Trinidad Pacherrez VelascoMembroDIAC
1103020Luzimar Barbalho da SilvaSubstitutaDIAC
1815167Carla Aguiar Falc√£oMembroDIAC
1815347Girlene Moreira da SilvaSubstitutaDIAC
1285554Jose √Ālvaro de PaivaMembroDIATINF
2455821Marli de Fatima Ferraz da Silva TacconiSubstitutaDIATINF

As atividades do  CPIn s√£o orientados por um regimento pr√≥prio institu√≠do pela PORTARIA No 305/2021 – DG/CNAT/RE/IFRN.

S√£o atribui√ß√Ķes do CPIn:

I. assessorar a DIPEQ nas quest√Ķes pertinentes √†s diversas a√ß√Ķes de pesquisa e inova√ß√£o desenvolvidas no CNAT;

II. formular propostas de pol√≠ticas, instru√ß√Ķes normativas e documentos que dizem respeito √†s a√ß√Ķes de pesquisa e inova√ß√£o no CNAT;

III. discutir e sistematizar o plano anual e plurianual da pesquisa e inovação do CNAT;

IV. planejar, estimular e incentivar o desenvolvimento de a√ß√Ķes de pesquisa e inova√ß√£o do CNAT;

V. emitir parecer sobre assuntos de pesquisa e inovação quando solicitado, incluindo projetos com fomento externo;

VI. promover a integração e consolidação dos grupos de pesquisa junto às Diretorias Acadêmicas do CNAT;

VII. avaliar e emitir parecer sobre as propostas de criação de grupos de pesquisa no CNAT;

VIII. avaliar e emitir parecer sobre os relat√≥rios das atividades desenvolvidas pelos grupos de pesquisa certificados, a cada 3 (tr√™s) anos, segundo os crit√©rios estabelecidos no ¬ß 9¬ļ do Art. 4¬ļ do Regimento Geral dos Grupos de Pesquisa do Campus Natal-Central do IFRN;

IX. analisar e emitir parecer de encaminhamento para suspensão e/ou extinção de grupos de pesquisa do CNAT; e

X. participar de atividades de planejamento e implementa√ß√£o de a√ß√Ķes da DIPEQ.