Parcerias institucionais

Parcerias institucionais

Campus Natal-Central (CNAT) do IFRN e o Sebrae/RN firmaram um termo de parceria para o desenvolvimento do Programa Nacional de Educa√ß√£o Empreendedora (PDCE). Com vig√™ncia de dois anos, a iniciativa se dar√° atrav√©s de a√ß√Ķes de capacita√ß√£o e pr√°ticas que fomentam a cultura do empreendedorismo entre os integrantes da comunidade acad√™mica do campus. O programa de educa√ß√£o empreendedora inclui, em suas estrat√©gias de a√ß√£o, uma maratona de capacita√ß√£o e mentorias, visando ao treinamento e √† forma√ß√£o profissional. Al√©m disso, haver√° promo√ß√£o de palestras, semin√°rios e eventos relacionados ao empreendedorismo.

Empreendedorismo que une IFRN e Sebrae como importantes aliados. Assim, o Campus Natal-Central do IFRN compartilha, atrav√©s da parceria, os mesmos objetivos: ‚ÄúO conv√™nio dar√° for√ßa ao programa do CNAT de difus√£o do empreendedorismo inovado, que j√° vem sendo desenvolvido pela Incubadora de forma pontual e n√£o sistematizada. O Sebrae, nesse sentido, entra como uma ferramenta de difus√£o para impulsionar esse processo de propaga√ß√£o do empreendedorismo inovador‚ÄĚ, enfatiza o Diretor-Geral do Campus Natal-Central, professor Jonas Lemos.

A propaga√ß√£o dessa cultura na pr√≥pria institui√ß√£o √© um desafio que requer o planejamento de estrat√©gias de integra√ß√£o da comunidade, nos diversos n√≠veis de ensino e nas diferentes diretorias acad√™micas. De acordo com o Diretor de Pesquisa e Inova√ß√£o (DIPEQ) do Campus Natal-Central, Handson Pimenta: ‚ÄúO PDCE visa alcan√ßar uma maior participa√ß√£o de alunos das diversas diretorias acad√™micas e diferentes n√≠veis de forma√ß√£o, uma integra√ß√£o das a√ß√Ķes de empreendedorismo, grupos de pesquisa e a√ß√Ķes de ensino (DE) e uma potencializa√ß√£o do desenvolvimento de produtos t√©cnicos ou tecnol√≥gicos pelos programas de mestrado profissional, com o foco no empreendedorismo e inova√ß√£o‚ÄĚ.

Segundo Maria da Concei√ß√£o Ara√ļjo Moreno, Analista T√©cnica do Sebra/RN e Gestora do Programa Educa√ß√£o Empreendedora: ‚ÄúA parceria SEBRAE x IFRN/Campus Central tem como objetivo realizar capacita√ß√£o em empreendedorismo para docentes e alunos dos cursos t√©cnicos, gradua√ß√£o e p√≥s, com o intuito de incentivar e apoiar a cria√ß√£o e expans√£o de a√ß√Ķes empreendedoras e projetos de extens√£o e difus√£o do empreendedorismo‚ÄĚ.

Para concretizar esse planejamento, segundo a analista do Sebrae, foi criado um grupo de trabalho composto por t√©cnicos de ambas institui√ß√Ķes que est√£o atuando de forma integrada: ‚ÄúAs a√ß√Ķes est√£o sendo iniciadas agora em mar√ßo com a aplica√ß√£o de um diagn√≥stico (em formato digital) com os professores, o objetivo do diagn√≥stico √© conhecer sobre a atua√ß√£o acad√™mica, bem como identificar quais estrat√©gias pedag√≥gicas s√£o utilizadas no seu dia a dia e quais s√£o suas expectativas para a parceria SEBRAE x IFRN Campus Central. A partir da mensura√ß√£o das respostas, ser√° elaborado um plano de a√ß√Ķes a serem implantadas em 2021, com a√ß√Ķes que possibilitem o fortalecimento das iniciativas advindas dos projetos acad√™micos a uma vis√£o estrat√©gica ativa de inser√ß√£o no mercado e que possibilite impacto social‚ÄĚ.

Impacto esse que repercutir√° na comunidade toda trazendo a cultura empreendedora para o cotidiano das pessoas, de maneira sistematizada. Segundo Handson Pimenta, diretor da DIPEQ-CNAT, √© necess√°rio incentivar o engajamento dos estudantes: ‚ÄúPrecisamos definir tem√°ticas e montar estrat√©gias para engajar nossos alunos de diversas √°reas e n√≠vel de forma√ß√£o, as disciplinas, projetos integradores e outras a√ß√Ķes de ensino e pesquisa‚ÄĚ. E assim, a engrenagem gira, integrando Pesquisa, Ensino e Extens√£o atrav√©s do empreendedorismo.