Categorias
Notícias

Nos dias 25 e 26 de maio, a Incubadora Tecnológica Natal-Central (ITNC) e a Diretoria de Pesquisa e Inovação (DIPEQ/CNAT) realizaram o EMPREENDA CNAT 2022

Nos dias 25 e 26 de maio, a Incubadora Tecnológica Natal-Central (ITNC) e a Diretoria de Pesquisa e Inovação (DIPEQ/CNAT) realizaram o EMPREENDA CNAT 2022, Fórum de Empreendedorismo Inovador. O evento foi gratuito e ocorreu no mini auditório do Campus Natal Central do IFRN e teve como objetivo estimular os alunos participantes a enfrentarem de forma proativa os desafios e/ou problemas observados no cotidiano do referido Campus, que comprometem o bem-estar coletivo. Os participantes foram desafiados a desenvolver ideias que gerem soluções viáveis para o enfrentamento dos problemas, identificados.

As inscrições foram abertas no dia 03/05/2022 e encerraram no dia 24/05/2022. A meta inicial era para 120 inscritos, contudo tivemos êxito já na fase de inscrição, visto que foi ultrapassado 7,5% da meta (129 inscritos). E no total, foram 247 inscritos no evento, dos quais 129 se inscreveram através de formulário no Google Forms e 118 realizaram a inscrição na hora, nos dias do evento.

No primeiro dia, à tarde, o evento foi aberto com a palestra “Eu, protagonista!”, ministrada por José Anchieta, engenheiro e consultor em inovação, com tema musical e cênico sobre inovação, criatividade, empreendedorismo e startups. Em seguida, foi iniciado o ITNC Talks – Trilha Empreendedora, um bate-papo com os empreendedores da ITNC Eduardo Marques, CEO da empresa incubada Pitom84, Eduardo Azevedo, CEO da Crio Brasil, Tiago Ribeiro, CEO da Impetus Processo de Vendas e Petro Costa, CEO da Lion Brazil. Os empreendedores compartilharam suas experiências de empreendedorismo, profissionais e empresariais. O evento foi encerrado com um coffee-break promovido pelo Campus Natal-Central.

No segundo dia, pela manhã, ocorreu a primeira etapa da Maratona Empreendedora Sebrae, que foi a maratona para incentivo de ideias que gerem soluções viáveis para o enfrentamento dos problemas identificados no IFRN CNAT. O tema foi livre, contudo foram sugeridos os problemas nos seguintes tópicos: Estoque (como controlar a entrada e saída dos insumos fornecidos pelas empresas terceirizadas), Sustentabilidade (como otimizar o uso dos recursos do CNAT), Comunicação (como melhorar a comunicação do CNAT para que todas as pessoas envolvidas conheçam as atividades do Campus) e Estacionamento (como melhorar o controle das vagas de estacionamento no CNAT). Foram formadas 9 equipes para o concurso de ideias e as mesmas utilizaram as ferramentas Design Thinking e o Quadro Modelo de Negócios (Canvas) para o desenvolvimento da ação.

Na segunda etapa, os grupos fizeram as apresentações das ideias (Pitchs) e apresentação das soluções (pitch de 2 minutos) ao público presente e à banca avaliadora. Foram avaliados o potencial de implementação da ideia, originalidade com o que já existe e desempenho na apresentação do pitch. A equipe vencedora foi premiada com o troféu Empreenda CNAT, kit surpresa a todos os integrantes e uma vaga no Hotel de Projetos 2022 da ITNC. O evento estava previsto para encerrar às 18 horas, contudo, foi encerrado às 14h30, devido a impossibilidade de as equipes participarem das atividades à tarde, e o número dos participantes para tarde ser muito pequeno.

Para o Diretor de Pesquisa e Inovação do CNAT professor Handson Pimenta “o evento foi de grande valia para o desenvolvimento de ideais e futuros projetos. Além disso, foi uma oportunidade de aproximar o público discente do CNAT das ações de difusão da cultura do empreendedorismo inovador pela ITNC”.

Claudine Carrilho, gerente da ITNC, considerou que “a iniciativa promoveu uma perspectiva de negócios para os projetos acadêmicos, ampliando as possibilidades de execução de produtos/serviços que atendam demandas da sociedade”.

Plácido Antônio de Souza Neto, diretor de ensino do CNAT, também considerou que “O evento Empreenda CNAT precisa ser perene no calendário do campus para poder dar oportunidade aos alunos que têm talento e perfil empreendedor.

E para Lucia de Fatima Lucio Gomes da Costa, diretora de extensão do CNAT, o evento “foi um marco importante para o fortalecimento e consolidação da cultura empreendedora da instituição”.