Categorias
Notícias

DIPEQ e ITNC difundem metodologia de inovação para mestrandos do PPgUSRN

Nos dias 12 e 19 de maio, a Incubadora Tecnológica Natal-Central (ITNC) e a Diretoria de Pesquisa e Inovação (DIPEQ/CNAT) realizaram um workshop presencial sobre avaliação de oportunidades de negócios por meio do Business Opportunity Framework, junto aos alunos do Mestrado Profissional em Uso Sustentável de Recursos Naturais do CNAT, integrante do Programa de Pós-Graduação (PPgUSRN).

O evento foi ministrado por Marcos Oliveira, mentor e consultor da ITNC. Durante os dois encontros, a metodologia Canvas foi detalhada para os alunos do PPgUSRN que estão em fase de desenvolvimento do produto técnico e tecnológico (PTT). Os participantes tiveram a oportunidade de trabalhar o seu PTT ou ideais de empreendedorismo dentro da temática do programa.

Para o Diretor de Pesquisa e Inovação do CNAT professor Handson Pimenta “o evento foi de grande valia para o desenvolvimento de ideais e maturação do PTT. Além disso, foi uma oportunidade de aproximar o PPgUSRN das ações de difusão da cultura do empreendedorismo inovador pela ITNC”.

Claudine Carrilho, gerente da ITNC, considerou que “a iniciativa promoveu uma perspectiva de negócios para os projetos acadêmicos, ampliando as possibilidades de execução de produtos/serviços que atendam demandas da sociedade”.

A professora Dra. Sheyla Lucena acredita que “a iniciativa da DIPEQ de fomentar ações de empreendedorismo e inovação para os discentes do PPgUSRN vai ao encontro dos anseios da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), visto que temos o papel de entregar para a sociedade, Produtos Técnicos e tecnológicos, que visam contribuir com o setor produtivo nacional no sentido de agregar um nível maior de competitividade e produtividade às empresas e organizações, sejam elas públicas ou privadas”.

Para o aluno do PPgUSRN Gleydson Cavalcanti, “o Workshop contribuiu consideravelmente para ampliar a visão a respeito dos aspectos de impacto, aplicabilidade, inovação e complexidade do produto técnico e tecnológico desenvolvido no projeto de mestrado profissional”. Gleydson considerou ainda que “foi possível avaliar oportunidades referentes aos produtos em desenvolvimento e o impacto em relação às possíveis mudanças causadas pela introdução e à complexidade relacionada a inserção do produto no mercado, considerando os fatores de demanda, concorrência, competências, recursos e lucratividade”.

Nesse contexto, a metodologia Business Opportunity Framework se mostrou uma importante ferramenta para o desenvolvimento de soluções de investimento em ideias inovadoras, avaliando de forma rápida e consistente o investimento de tempo, energia e dinheiro em um projeto de inovação. Por fim, o Wokshop foi uma excelente oportunidade para esclarecer aos alunos os aspectos relacionados ao desenvolvimento de produtos inovadores e auxiliar no processo de aperfeiçoamento de seus produtos técnicos e tecnológicos no âmbito de mestrado profissional do PPgUSRN.